Dólar PTAX: Veja o que é e como ele é aplicado no comércio exterior

30 de março de 2022

O dólar PTAX é um dos índices mais importantes que estão sob a gestão do Banco Central do Brasil. Por isso, todos que têm algum contato com a moeda estrangeira, em especial importadores e exportadores, precisam conhecê-la a fundo.

Diante disso, o objetivo deste artigo é justamente esclarecer os principais pontos existentes no que diz respeito ao conceito da taxa PTAX, como ela funciona e sua influência no comércio exterior. Boa leitura!

 

O que é a PTAX, afinal?

A PTAX é uma taxa que representa a taxa de câmbio, ou seja, ao preço de uma moeda estrangeira — ou, em outras palavras, a quantidade de moeda nacional necessária para se comprar uma reserva de valor de algum outro país. No caso específico da PTAX, ela representa a paridade entre o dólar americano e o real brasileiro.

Este índice afeta muito as empresas nacionais exportadoras e importadoras, além de influenciar diretamente a população como um todo. Neste sentido, o mercado brasileiro considera este índice cambial como uma cotação oficial da taxa de câmbio.

Essa cotação é calculada e divulgada diariamente no mercado pelo Banco Central do Brasil, sendo considerada, desta forma, a cotação oficial de compra e venda das moedas estrangeiras em relação à moeda brasileira, ou seja, ao Real. Como o dólar é a moeda mais negociada aqui em nosso país, logo, quando se fala em PTAX, este termo é associado, de maneira prática e direta, à moeda norte-americana.

 

Como a taxa PTAX funciona?

A PTAX funciona a partir de uma média das operações de compra e venda de dólar realizadas ao longo do dia por todas as instituições financeiras do Sistema Financeiro Nacional (SFN). Portanto, o Banco Central realiza consultas em horários específicos ao longo do dia e ao fim do expediente realiza o cálculo da média das operações realizadas ao longo do dia.

Essas consultas periódicas durante o dia inclusive podem ser consultadas no site do Banco Central, são conhecidos como boletins intermediários da taxa de câmbio. Desta forma, além da taxa diária divulgada todos os dias após a última consulta, para quem realiza operações diretamente com câmbio, a consulta dessas taxas durante o dia pode ser uma alternativa de análise.

Além disso, vale ressaltar que não existe apenas uma PTAX e sim duas, existe a PTAX de venda e a PTAX de compra. Essa diferenciação ocorre porque é feita uma média da taxa das operações de compra pelas instituições financeiras e da média da taxa das operações de venda realizadas por essas mesmas instituições, o que gera, portanto, uma taxa para cada operação.

 

Qual o impacto da PTAX nas empresas?

As empresas são bastante afetadas por variações na taxa PTAX, principalmente as companhias importadoras e exportadoras. Como essas dependem da compra e venda de produtos em moeda estrangeira, qualquer variação no dólar acaba impactando seus negócios.

Saiba mais sobre como a PAX afeta as empresas de importação e exportação.

Empresas importadoras

A empresa importadora é muito prejudicada por um movimento de alta na PTAX. Mas o que ocorre com este negócio em caso de uma queda no valor do dólar?

Suponha que a PTAX tenha ido de R$ 4 para o valor de R$ 1. Ou seja, uma situação hipotética de paridade entre o valor da moeda americana e da moeda brasileira.

Neste caso, um celular que custa $ 1 mil dólares passariam a custar também R$ 1 mil em moeda local. O importador pode então obter uma margem de lucro muito maior caso continue vendendo o seu celular por R$ 2,5 mil.

Tendo um lucro por aparelho de R$ 1,5 mil. Portanto, uma queda no valor do dólar é favorável para as empresas importadoras.

Caso a empresa reduza o valor do seu produto, de forma a inibir a entrada de concorrência, esta baixa no dólar pode ser benéfica inclusive para a população.

Empresas exportadoras

Além das importadoras, as companhias exportadoras também são diretamente afetadas pelo valor do dólar. Só que os movimentos acontecem basicamente no sentido contrário das empresas importadoras. Ou seja, as exportadoras são beneficiadas por uma alta da PTAX e prejudicadas por uma queda na PTAX.

 

Esperamos que este artigo possa ter esclarecido todas as suas dúvidas a respeito da PTAX. Para continuar bem-informado e por dentro de todos os acontecimentos que impactam a importação e exportação, continue lendo nosso blog!

Aproveite também e siga nossas redes sociais, estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn.

Open Market – Comércio Exterior

Qual o efeito do Peak Season Surcharge na importação e exportação?

11 de maio de 2022

ver mais

Descubra as vantagens de Santa Catarina contar com 5 portos

4 de maio de 2022

ver mais

Saiba mais sobre o que são os Incoterms e como utilizá-los corretamente

27 de abril de 2022

ver mais

Descubra como a decisão de redução de impostos irá impactar a economia

20 de abril de 2022

ver mais