Trade War Estados Unidos e China: O que ganhamos e o que perdemos?

3 de setembro de 2019

Quando falamos de exportação e importação, é essencial estarmos atentos ao que acontece ao redor do mundo e as tarifas que os outros países impõem.

O Trade War é um exemplo desses casos.

A já considerada guerra comercial, com envolvimento dos Estados Unidos e China, causa diversos impactos que não se resumem somente a essas duas potências.

Acompanhe o texto abaixo e entenda melhor sobre o Trade War e o que nós ganhamos e perdemos com ele.

 

Você sabe o que é o Trade War?

Antes de entender os pontos negativos e positivos do Trade War, é importante saber o que realmente essa guerra comercial significa.
Tudo começou quando Donald Trump, o atual presidente dos Estados Unidos, resolveu aumentar as tarifas sobre importações provenientes da China.

Ele justificou esse aumento citando práticas comerciais desleais por parte da China, que rebateu essa atitude com um aumento nas tarifas de 128 produtos norte-americanos, entre eles a soja, uma das mais importantes exportações dos Estados Unidos para o país.

Desde então, os dois países vêm aumentando taxas e dando continuidade a essa guerra comercial.

 

O que ganhamos e o que perdemos com o Trade War?

Guerras comerciais como essas costumam gerar efeitos principalmente para os países envolvidos.
Porém, como estamos falando de Estados Unidos e China, esses efeitos se estendem a outros locais também.
Isso acontece porque são duas potências mundiais e as cadeias de produção e consumo são interligadas.

Os efeitos negativos dessa guerra em escala mundial são diversos. As tarifas podem aumentar não só para Estados Unidos e China, mas também para outros lugares, aumentando consequentemente os custos das exportações e a diminuição do fluxo do comércio internacional.
Isso quer dizer que pode existir uma diminuição no crescimento econômico de maneira global.

Um dos primeiros materiais a ter a tarifa elevada foi o aço, que pode ser usado como exemplo para explicar o efeito da guerra no mundo.
Se o valor do aço aumenta, consequentemente o valor de produtos que contém essa matéria-prima também aumentam.
Com valores mais altos, as vendas podem diminuir, serão gerados menos empregos, sobrarão mais materiais,
o preço vai diminuir ainda mais e afetará todos os países que são dependentes dessa exportação.

Além disso, o câmbio também é afetado. O Trade War gera a valorização do dólar e a desvalorização de outras moedas, como a dos países emergentes.
Assim, a exportação ganha benefícios, mas a importação se torna mais cara.

Mas não são só desvantagens. Algumas empresas brasileiras podem ganhar com o aumento da exportação. Um exemplo positivo é da JBS.
A exportação de carnes para a China realizadas pela empresa aumentou, já que a tensão com os Estados Unidos continua.

Ter esse tipo de conhecimento e estar atento ao que acontece no mundo é muito importante na hora de exportar ou importar.
Você também pode contar com a ajuda de empresas especializadas em comércio internacional, para realizar suas transações com segurança. Entre em contato com a Open Market para saber mais!

Trade War Estados Unidos e China: O que ganhamos e o que perdemos?

3 de setembro de 2019

ver mais

Entenda a logística em Portos e Aeroportos – Importações e Exportações

16 de agosto de 2019

ver mais

Como importar maquinário da china?

12 de agosto de 2019

ver mais

Como funciona o processo de importação marítima?

22 de julho de 2019

ver mais