Como importar maquinário da china?

12 de agosto de 2019

Muitas empresas e até pessoas físicas possuem a vontade de importar maquinário da china. Porém, existem alguns itens que é preciso verificar para encontrar os melhores fornecedores, garantir que a máquina comprada tenha qualidade e que você não irá passar por nenhum problema.
Neste artigo explicamos tudo que você precisa fazer para importar máquinas da china. Para conhecer mais sobre o assunto acompanhe abaixo.

Tenha um radar de importação

Se você tem uma empresa e quer exportar maquinário da china, é importante ter um radar de importação. Com ele, você pode importar ou exportar dentro da lei, com segurança.

Para adquirir um radar de importação, você pode contar com empresas especializadas em comércio exterior, que vão te ajudar em todo o processo. A Open Market pode te auxiliar nisso, é só clicar aqui para saber mais (colocar link do site). O prazo médio para adquirir o radar de importação é de 15 a 30 dias.

Se você é pessoa física ou se sua empresa ainda não tem o radar de importação, você pode usar a opção de importa fácil dos correios. Porém, nesse caso, existe um limite de valor da compra, de peso e cubagem da máquina.

Encontre fornecedores de maquinário da china

Pode parecer fácil, mas encontrar fornecedores nem sempre é tão simples assim. Você precisa entender a cultura chinesa, como eles negociam e ainda cuidar para não cair em nenhum golpe.

Uma das melhores formas de importar da China é nas feiras de negócios do país. Nesses eventos, as empresas abrem as portas e mostram sua estrutura e seus produtos para possíveis compradores. Assim, você consegue ver as máquinas de perto e não corre o risco de receber um material completamente diferente do que o da foto que foi enviada.

Se não existir a possibilidade de participar dessas feiras, você pode contar com empresas especializadas em importação e exportação para fazer a análise correta e encontrar fornecedores confiáveis.

Faça um contrato de manutenção e peças sobressalentes

Mesmo que os fornecedores chineses garantem que se houver algum problema, eles irão resolver, você precisa garantir isso. Só a palavra ou um e-mail contendo as informações não são suficientes.

Por isso, tenha um contrato assinado que especifique quais serão os procedimentos caso as máquinas estraguem. Dessa forma você consegue garantir seus direitos e não perder o valor que foi investido.

Confira a qualidade da máquina antes do embarque

Antes que os produtos que você comprou embarquem, é fundamental fazer uma inspeção para garantir que estão funcionando perfeitamente. Esse controle precisa ser feito por uma pessoa que não esteja envolvida com a empresa chinesa.

Você pode ir até lá conferir, encontrar alguém que já esteja lá ou que possa viajar para te ajudar ou também contar com serviços de empresas de comércio exterior que já conhecem o procedimento e podem conferir o pleno funcionamento das máquinas.

Verifique a carga tributária

Para importar maquinário da china, você precisa pagar alguns tributos. Porém, existem algumas análises que você pode fazer para verificar se a máquina possui benefício fiscal e se esses tributos podem ser reduzidos.

Uma boa análise pode garantir que você pague menos tributos, como a diminuição do valor do imposto da importação e até do IPI.

Esses são os itens que você deve dar atenção na hora de importar maquinário da china. Conte com a Open Market para te ajudar em cada uma dessas etapas.

Saiba o que o comércio exterior espera da última reunião do BRICS

29 de novembro de 2019

ver mais

BRICS: o que é e como o Brasil faz parte disso? Entenda tudo!

28 de novembro de 2019

ver mais

Como será a relação entre China e Brasil em 2020 para o comércio exterior? Saiba tudo aqui!

26 de novembro de 2019

ver mais

Existe uma bolha imobiliária na China? O que ela pode afetar nas suas importações?

5 de novembro de 2019

ver mais