Como Comprar Importados Para Minha Loja ou Comércio

5 de abril de 2019

Investir na compra de produtos importados é um grande passo no crescimento de qualquer negócio.

Vários são os benefícios que se podem ter ao buscar fornecedores externos, como:

  • Conseguir negociar diretamente com os maiores fabricantes do mundo;
  • Ter acesso a produtos exclusivos e de maior qualidade;
  • Encontrar produtos mais baratos;
  • Poder oferecer preços mais competitivos e com maiores margens de lucro.

Esse é o sonho de qualquer empresário, mas também pode ser seu maior pesadelo, se não souber lidar com esse tipo de transação.

Assim, não basta apenas ter vontade, é necessário conhecer os processos e conseguir administrá-los dentro da lei.

Se você está pensando em avançar para o próximo nível em seu negócio, então leia esse artigo até o final. Separamos dicas valiosas e esclarecedoras sobre seu primeiro passo e suas principais opções para começar a importar.

Neste artigo, você aprenderá duas formas legais de como comprar produtos importados diretamente da fonte para revender aqui no Brasil.

Além disso, também mostraremos o que é uma trading de importação e quais as principais vantagens de tê-la como parceira. Então, vamos começar?

Ah! Mas antes é fundamental você entender uma coisa.

Um detalhe que você precisa saber antes de comprar produtos importados para revender

Realizar uma transação internacional exige uma série de cuidados comerciais e jurídicos que, não são necessárias quando se faz contratos com um fornecedor nacional. Por isso, é importante ter cautela e paciência.

Desse modo, uma dica valiosa que muitos empreendedores não aplicam é testar se o produto que você deseja comprar é vendável e sazonal.

Isso é importante, pois todo o processo de compra e recebimento de sua mercadoria precisará de tempo, até que sejam cumpridas todas as etapas necessárias.

Apostar em um produto que não é vendável ou que seja apenas sazonal pode te levar a adquirir um estoque de produtos que ficarão encalhados.

Assim, para evitar isso, lá vão duas dicas:

  • Se o produto tiver disponível no Brasil, compre um estoque pequeno para testar se ele irá vender;
  • Caso o produto só tenha no exterior, faça uma compra como pessoa física e solicite entrega rápida.

Lembre-se que o intuito dessa técnica é apenas testar o produto, para fazer uma compra mais segura posteriormente.

Validado o produto, você terá duas opções para escalar seu processo de importação. Veja!

Como comprar produtos no exterior e revender Legalmente aqui no Brasil?

Transforme sua empresa em uma mini importadora

Para que sua empresa esteja habilitada a realizar importação legalmente, é preciso que você:

  • Tenha seu CNPJ ativo e regular;
  • Cadastre-se no registro de Rastreamento de atuação dos Intervenientes Aduaneiros ( Radar );
  • Tire a Declaração de Importação (DI), pelo Siscomex.

Desse modo, estar atento as taxas e impostos, também são fatores que serão decisivos para definir os produtos que desejará trabalhar e para garantir o sucesso de sua transação.

Estas são as principais taxas que você terá que lidar:

  • II – Imposto sobre Importação;
  • ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • PIS – Programa de Integração Social/Importação;
  • IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados;
  • Cofins – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social.

Alguns cuidados e limitações que você terá que lidar ao importar diretamente são:

  • Por questões burocráticas, talvez você não consiga trabalhar com diferentes fornecedores;
  • Se você não tiver experiência, correrá risco de trabalhar com Fornecedores falsos;
  • Você também pode se deparar com Fornecedores de qualidade questionável;
  • Esse problema também se estende a Fornecedores sem licença ou sem experiência com desembaraço de carga.

Para facilitar essas questões é possível terceirizar todo esse serviço através de uma Trading de Importação. Que é sua segunda opção!

Faça parceria com uma Trading de importação

Uma Trading de importação é uma empresa especializada em negociação e desembaraço para transações internacionais de importação e exportação.

Desse modo, ela funciona como uma intermediária que facilita a conexão entre o fornecedor e as empresas compradoras.

Vantagens de importar com uma trading

  • Permite ter uma consultoria personalizada e completa, trançando as opções mais viáveis e seguras;
  • Com grande experiência de negociação, ela dispõe de profissionais com domínio do idioma nativo e conhecedores da cultura local;
  • Aumenta suas opções de produtos, já que ela consegue administrar com facilidade a negociação com diferentes fornecedores e fabricantes;
  • Por terem maior poder de barganha, elas podem conseguir preços mais atrativos e até mesmo impostos mais baixos, no ICMS, por exemplo;
  • Oferecem a opção de pedidos menores do que você precisaria fazer diretamente com o fabricante;
  • Ela tem capacidade de unificar os pedidos de fornecedores distintos em apenas um embarque, facilitando o processo e reduzindo custos de transporte.

Assim, como você pode ver, conhecimento é fundamental para conseguir diferenciar sua carteira de fornecimento.

Por isso, continue seguindo nosso blog para continuar aprendendo! E se você gostou desse conteúdo, ajude-nos a compartilhá-lo nas redes sociais.

Saiba o que o comércio exterior espera da última reunião do BRICS

29 de novembro de 2019

ver mais

BRICS: o que é e como o Brasil faz parte disso? Entenda tudo!

28 de novembro de 2019

ver mais

Como será a relação entre China e Brasil em 2020 para o comércio exterior? Saiba tudo aqui!

26 de novembro de 2019

ver mais

Existe uma bolha imobiliária na China? O que ela pode afetar nas suas importações?

5 de novembro de 2019

ver mais