Como funciona a cotação do dólar

28 de maio de 2019

Independente se você é um empreendedor ou pessoa física, entender o princípio de funcionamento da cotação do dólar é fundamental. Principalmente, se estiver pensando em fazer uma parceria, compra ou mesmo uma viagem internacional.
Muitas pessoas pensam que o valor do dólar, pago em uma transação empresarial, é o mesmo de quando fazemos uma compra como pessoa física.
Dessa forma, se você não curte tomar sustos na hora de ver a fatura do cartão ou de receber o valor real em uma negociação, diferente do que você imaginava, então leia este artigo até o final!
Neste artigo você aprenderá quais os principais fatores que influenciam na oscilação do valor do dólar e os 3 tipos de moeda que são usados aqui no Brasil. Acompanhe!

Como funciona e quais os fatores que contribuem para variação e cotação do dólar?

No Brasil, a cotação do dólar ocorre da mesma maneira que a valorização de produtos e serviços, ou seja, varia de acordo com a lei da oferta e da procura. De forma simples, funciona assim:

  • Se tiver muito dólar circulando dentro do país, o valor dele tende a diminuir;
  • Agora, se tiver pouco dólar circulando, o valor dele tende a aumentar.

Um conceito que você também deve escutar bastante e que, dessa forma, é base para explicar todo esse processo é o câmbio. Você conhece?

Câmbio

O câmbio é um termo muito usado no mercado financeiro para definir a relação de preço entre duas economias, ou entre dois países.
Em termos práticos, enfim, é a troca ou a conversão de uma moeda em outra. O principal objetivo dele é tornar mais simples as transações comerciais entre os países, respeitando suas diferenças econômicas.
O Banco Central divulga diariamente a média dessa taxa para servir como parâmetro a todos que precisam basear-se nela.
Então, agora que você entendeu o conceito básico da cotação comercial, vejamos os principais fatores que influenciam em sua oscilação.

Quais os principais fatores que influenciam na oscilação do dólar?

Como citado no tópico anterior, os motivos que fazem o valor de uma moeda subir ou descer são os mesmo que explicam sua oferta e demanda no mercado. Mas tem mais!
Então, para lhe explicar de forma simples e direta, listamos as principais causas para oscilação do valor do dólar, dividida em três partes:

Fatores que podem influenciar a descida do dólar

  • Superávit comercial – Quando a quantidade de exportações supera a de importações;
  • Gastos de turistas estrangeiros – Aumenta a circulação de dólar no país;
  • Juros brasileiros – Quanto maior a taxa de juros no Brasil, mais interessante para investidores estrangeiros aplicarem seu dinheiro aqui.

Fatores que podem influenciar a descida do dólar

  • Déficit comercial – Quando o número de importações supera o de exportações;
  • Gastos de brasileiros no exterior – Ao gastar dinheiro no exterior, o país acaba tendo uma saída de dólares;
  • Juros americanos – Se a taxa de juros nos EUA sobe, o mercado lá se torna mais interessante aos investidores.

Risco país

O risco país é um conceito e um termômetro usado para determinar o grau de instabilidade econômica de uma nação.
Dessa forma, ele também interfere no grau de investimento externo que um país recebe.
Os investidores estrangeiros, assim, usam esse índice como parâmetro para prever o risco de se colocar dinheiro no país.
Um dos fatores que mais influencia nesse índice são as crises políticas que o país enfrenta.

Quais os 3 tipos de dólar que existem no mercado brasileiro?

  1. Dólar comercial
    O dólar comercial é o valor da moeda, usado em transações da bolsa de valores e transações internacionais feitas entre governos.
    Essa é a famosa cotação que ouvimos na TV e nos jornais, todos os dias.
  2. Dólar Turismo
    O dólar turismo, como o próprio nome já indica, é a cotação usada em viagens para o exterior e também em pagamentos da fatura de cartão de crédito, no caso de compras internacionais.
    É a moeda usada em transações feitas por pessoas físicas, por esse motivo também, ela costuma ser mais cara que o dólar comercial.
  3. Dólar Paralelo
    Também conhecido como dólar negro, essa é a moeda transacionada no mercado informal ou ilícito.

Agora você já sabe o que fazer

Agora, quando você for fazer uma viagem, uma compra on-line ou buscar um fornecedor externo já sabe que precisa ficar atento a qual tipo de dólar precisa consultar.
Então, o que você achou desse artigo?
Se esse conteúdo foi útil para você, então seja amigável conosco também. Ajude-nos a compartilhá-lo nas redes sociais para que mais pessoas possam ter acesso a conteúdos de valor!

Trade War Estados Unidos e China: O que ganhamos e o que perdemos?

3 de setembro de 2019

ver mais

Entenda a logística em Portos e Aeroportos – Importações e Exportações

16 de agosto de 2019

ver mais

Como importar maquinário da china?

12 de agosto de 2019

ver mais

Como funciona o processo de importação marítima?

22 de julho de 2019

ver mais