O comércio exterior e o desenvolvimento do país

25 de setembro de 2018

O comércio exterior está diretamente ligado ao desenvolvimento da economia do país. Já que o setor tem a capacidade de elevar a economia e abrir as portas para novos negócios com nações do mundo inteiro.

Países que possuem capacidade produtiva em certo produto, exportam para aqueles que precisam. Assim, nações que necessitam de bens que não podem produzir ou para suprir demanda interna, importam de seus parceiros comerciais.

Essa “troca” de mercadorias traz inúmeros benefícios socioeconômicos. Já que os recursos que entram no país são convertidos em investimentos.

No entanto, é preciso que o governo estimule o comércio exterior e ofereça infraestrutura, investimentos e desburocratização para as empresas exportarem mais.

O poder multiplicador do comércio exterior

  • Quanto maior o número de exportações, melhor para a economia interna e para balancear as importações que, às vezes, são altas.
  • O comércio exterior tem impacto positivo no Produto Interno Bruto (PIB).
  • As exportações de produtos envolvem toda uma cadeia produtiva até chegar ao seu destino final, como fornecedores de matéria-prima, indústrias e transporte.
  • Em cada etapa da produção, o que envolve outros setores, geração de emprego e renda.
  • Os consumidores ganham maior diversidade de produtos e serviços.
  • Maior alcance de mercados consumidores, contribuindo, assim, para o aumento da produtividade interna de setores interligados.
  • Competitividade internacional impulsiona pesquisa e estudos para alcançar o reconhecimento dos mercados consumidores.
  • Melhora nos processos de produção.
  • Formação de parcerias com fornecedores na exportação de matérias-primas.
  • Desenvolvimento de novas alternativas de produção.
  • Acesso a novas tecnologias, novidades e padronizações internacionais para ganhar mercado e exportar mais produtos.
  • O comércio exterior contribui para a especialização na produção e diferenciação nos negócios mundiais.
  • Desenvolvimento de oportunidades de negócios dentro de especialidades e peculiaridades do país, como o turismo.
  • Aproximação entre diferentes culturas proporcionada pelo comércio exterior, fator que também influencia e abre portas para oportunidades de negócios.
  • O comércio exterior é estratégico no combate à crise econômica.
  • Diferentes regiões do país se beneficiam de sua capacidade exportadora.
  • Escoamento de produtos internos em estoque e geração de mais lucro.
  • O avanço do comércio exterior e os seus desafios estimulam o governo a tomar novas e melhores decisões para que a economia continue a se desenvolver.
  • Cumprimento de regulamentação e políticas internacionais para a troca de mercadorias, principalmente no quesito sanitário e ambiental.

De fato, o comércio exterior é essencial para a economia do país e tem muito mais espaço para crescer com o fomento à presença das micro, pequenas e médias empresas nas exportações brasileiras.

Saiba o que o comércio exterior espera da última reunião do BRICS

29 de novembro de 2019

ver mais

BRICS: o que é e como o Brasil faz parte disso? Entenda tudo!

28 de novembro de 2019

ver mais

Como será a relação entre China e Brasil em 2020 para o comércio exterior? Saiba tudo aqui!

26 de novembro de 2019

ver mais

Existe uma bolha imobiliária na China? O que ela pode afetar nas suas importações?

5 de novembro de 2019

ver mais